Superação da dormência em sementes de Brachiaria humidicola cv. BRS Tupi pelo uso de ácido giberélico

  • Cláudia Barrios de Libório Instituto Federal Goiano – IFGOIANO
  • Jaqueline Rosemeire Verzignassi Embrapa Gado de Corte
  • Celso Dornelas Fernandes Embrapa Gado de Corte
  • Natália Lima Dias Universidade Anhanguera – UNIDERP
Palavras-chave: Germinação, Forrageira, Regulador de crescimento

Resumo

Objetivou-se avaliar os efeitos de ácido giberélico em diferentes concentrações e períodos de imersão enquanto promotores da superação da dormência das sementes de Brachiaria humidicola cv. BRS Tupi de diferentes lotes e tempos de armazenamento antes dos tratamentos. Os quatro experimentos realizados contaram com diferentes lotes de sementes, em esquema fatorial em diferentes períodos de armazenamento após a colheita (6, 7, 8 e 9 meses), em que os tratamentos consistiram na imersão das sementes em soluções com diferentes concentrações de ácido giberélico (0; 50; 150; 300 e 600 mg L-1), por três períodos de exposição (12, 24 e 48 h), em comparação a uma testemunha (sem tratamento) em delineamento inteiramente casualizado. As avaliações efetuadas foram: curva de embebição, germinação, índice de velocidade de germinação, primeira contagem de germinação e viabilidade pelo teste de tetrazólio. As sementes responderam positivamente a todos os tratamentos após oito meses de armazenamento, enquanto as testemunhas continuaram dormentes. Nenhum dos tratamentos proporcionou perda na viabilidade e demonstraram possibilidade de armazenamento. Para os períodos acima de 24 h de embebição há risco de protrusão radicular, podendo acarretar em morte da semente.

Referências

ALMEIDA, C. R.; SILVA, W. R. Comportamento da dormência em sementes de Brachiaria dictyoneura cv. Llanero submetidas às ações do calor e do ácido sulfúrico. Revista Brasileira de Sementes, v. 26, n. 1, p. 44-50, 2004. doi: 10.1590/S0101-31222004000100007.

BASKIN, J. M.; BASKIN, C. C. A classification system for seed dormancy. Seed Science Research, v. 14, n. 1, p. 1-16, 2004. doi: 10.1079/SSR2003150.

BRASIL. Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa nº 30, de 21 de maio de 2008. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 23 maio 2008. Seção 1, p. 45.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília, DF: Mapa; ACS, 2009. 399 p.

CÂMARA, H. H. L. L.; STACCIARINI-SERAPHIN, E. Germinação de sementes de Brachiaria brizantha cv. Marandu sob diferentes períodos de armazenamento e tratamento hormonal. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 32, n. 1, p. 21-28, 2002.

CARDOSO, V. J. M. Conceito e classificação da dormência em sementes. Oecologia Brasiliensis, v. 13, n. 4, p. 619-631, 2009. doi: 10.4257/oeco.2009.1304.06.

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 5. ed. Jaboticabal: Funep, 2000. 588 p.

COSTA, C. J.; ARAÚJO, R. B.; BÔAS, H. D. C. V. Tratamentos para a superação de dormência em sementes de Brachiaria humidicola (Rendle) Schweick. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 41, n. 4, p. 519-524, 2011. doi: 10.5216/pat.v41i4.15100.

DANTAS, B. F.; ALVES, E.; ARAGÃO, C. A.; TOFANELLI, M. B. D.; CORRÊA, M. R.; RODRIGUES, J. D.; CAVARIANI, C.; NAKAGAWA, J. Germinação de sementes de capim-marmelada (Brachiaria plantaginea (Link) Hitchc.) tratadas com ácido giberélico. Revista Brasileira de Sementes, v. 23, n. 2, p. 27-34, 2001. doi: 10.17801/0101-3122/rbs.v23n2p27-34.

FIGUEIREDO, P. A. M.; VIANA, R. S.; LISBOA, L. A. M.; ASSUNPÇÃO, A. C. N. D. Superação da dormência em sementes de Brachiaria brizantha cv. Xaraés com a utilização de auxina sintética e seu efeito no desenvolvimento inicial da planta. Mirante, v. 7, n. 2, p. 145-156, 2014.

LACERDA, M. J. R.; CABRAL, J. S. R.; SALES, J. F.; FREITAS, K. R.; FONTES, A. J. Superação da dormência de sementes de Brachiaria brizantha cv. “Marandu”. Semina: Ciências Agrárias, v. 31, n. 4, p. 823-828, 2010. doi: 10.5433/1679-0359.2010v31n4p823.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination-aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, v. 2, n. 1, p. 176-177, 1962. doi: 10.2135/cropsci1962.0011183X000200020033x.

MARCOS FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. Piracicaba: FEALQ, 2005. 495 p.

MARTINS, L.; SILVA, W. R. Comportamento da dormência em sementes de braquiária submetidas a tratamentos térmicos e químicos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 36, n. 7, p. 997-1003, 2001. doi: 10.1590/S0100-204X2001000700010.

MESCHEDE, D. K.; SALES, J. G. C.; BRACCINI, A. L.; SCAPIM, C. A.; SCHUAB, S. R. P. Tratamentos para superação da dormência das sementes de capim braquiária cultivar marandu. Revista Brasileira de Sementes, v. 26, n. 2, p. 76-81, 2004. doi: 10.1590/S0101-31222004000200011.

MUNHOZ, R. E. F.; ZONETTI, P. C.; ROMAN, S. Superação da dormência em sementes e desenvolvimento inicial em Brachiaria brizantha cv. MG5 através da escarificação com ácido sulfúrico. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v. 2, n. 1, p. 55-67, 2009.

PANIAGO, J. T.; PEREIRA, S. R.; RODRIGUES, A. P. D. C.; LAURA, V. A. Dormência pós-colheita se sementes de Urochloa himidicola (Rendle) Morrone & Zuloaga. Informativo Abrates, v. 24, n. 1, p. 1-5, 2014.

REIS, J. M. R.; CHALFUN, N. N. J.; REIS, M. A. Estratificação, ambientes e giberelina na antecipação da enxertia do pessegueiro ‘Okinawa’. Bioscience Journal, v. 26, n. 4, p. 591-601, 2010.

SILVA, A. B.; LANDGRAF, P. R. C.; MACHADO, G. W. O. Germinação de sementes de braquiária sob diferentes concentrações de giberelina. Semina: Ciências Agrárias, v. 34, n. 2, p. 657-662, 2013. doi: 10.5433/1679-0359. 2013v34n2p657.

SILVA, F. A. S.; AZEVEDO, C. A. V. Principal components analysis in the software assistat-statistical attendance. In: WORLD CONGRESS ON COMPUTERS IN AGRICULTURE, 7., 2009, Orlando. Proceedings… Reno: American Society of Agricultural and Biological Engineers, 2009. 1 CD-ROM.

VERZIGNASSI, J. R.; SILVA, J. I.; FERNANDES, C. D.; JESUS, L.; CORADO, H. S.; LIBÓRIO, C. B.; SILVA, M. R.; MONTEIRO, L. C.; BENTEO, G. L.; PUTRICK, T. C. Ácido sulfúrico na superação de dormência em sementes de Brachiaria humidicola BRS Tupi. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SEMENTES, 18., 2013, Florianópolis. Informativo ABRATES, v. 23, n. 2, 2013a. 1CD-ROM.

VERZIGNASSI, J. R.; SILVA, J. I.; FERNANDES, C. D.; JESUS, L.; CORADO, H. S.; LIBÓRIO, C. B.; SILVA, M. R.; MONTEIRO, L. C.; BENTEO, G. L.; PUTRICK, T. C. Superação de dormência em sementes de Brachiaria humidicola BRS Tupi pelo armazenamento. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SEMENTES, 18., 2013, Florianópolis. Informativo ABRATES, v. 23, n. 2, 2013b. 1CD-ROM.

VERZIGNASSI, J. R.; SILVA, J. I.; FERNANDES, C. D.; JESUS, L.; CORADO, H. S.; LIBÓRIO, C. B.; SILVA, M. R.; MONTEIRO, L. C.; BENTEO, G. L.; PUTRICK, T. C. Superação natural da dormência em sementes de Brachiaria humidicola BRS Tupi pela permanência no solo da área de produção. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SEMENTES, 18., 2013, Florianópolis. Informativo ABRATES, v. 23, n. 2, 2013c. 1CD-ROM.

VERZIGNASSI, J. R.; SILVA, J. I.; FERNANDES, C. D.; JESUS, L.; CORADO, H. S.; LIBÓRIO, C. B.; SILVA, M. R.; MONTEIRO, L. C.; BENTEO, G. L.; PUTRICK, T. C. Etileno na superação de dormência em sementes de Brachiaria humidicola BRS Tupi. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SEMENTES, 18., 2013, Florianópolis. Informativo ABRATES, v. 23, n. 2, 2013d. 1CD-ROM.

VIEIRA, H. D.; SILVA, R. F.; BARROS, R. S. Superação da dormência de sementes de Brachiaria brizantha (hochst. ex a. rich) stapf cv. Marandu submetidas ao nitrato de potássio, hipoclorito de sódio, tiouréia e etanol. Revista Brasileira de Sementes, v. 20, n. 2, p. 44-47, 1998. doi: 10.17801/0101-3122/rbs.v20n2p44-47.

VIVIAN, R.; SILVA, A. A.; GIMENES JUNIOR, M.; FAGAN, E. B.; RUIZ, S. T.; LABONIA, V. Dormência em sementes de plantas daninhas como mecanismo de sobrevivência: breve revisão. Planta Daninha, v. 26, n. 3, p. 695-706, 2008. doi: 10.1590/S0100-83582008000300026.

Publicado
2018-10-05
Seção
Artigos Científicos