Physalis peruviana L. cultivated in dystrocohesive yellow latosol is responsive to organic fertilization

Palavras-chave: composto orgânico, crescimento inicial, fisális

Resumo

Alternativas sustentáveis são cada vez mais requeridas em sistemas produtivos, como, por exemplo, o uso de fertilizantes orgânicos. Culturas como a physalis ou fisális (Physalis peruviana L.) ainda apresentam lacunas a serem preenchidas na utilização de composto orgânico como alternativa para o aumento da produtividade. Neste cenário, o objetivo deste estudo foi a avaliação do efeito de doses de composto orgânico no crescimento e desenvolvimento inicial de P. peruviana L. em Latossolo Amarelo distrocoeso. O experimento foi conduzido em casa de vegetação com delineamento inteiramente casualizado, distribuído em seis tratamentos, constituído por doses de adubo orgânico (0, 15, 30, 45 e 60 t ha-1) acrescido de uma testemunha adicional com adubação química. Cada tratamento foi composto por 15 repetições. As variáveis avaliadas foram, altura da planta, diâmetro do caule, número de folhas, número de flores e frutos, massa seca da parte aérea e volume da raiz. As plantas de physalis cultivadas com composto orgânico apresentaram desenvolvimento satisfatório em relação às cultivadas em solo sem adubação. Neste estudo, o uso de adubo orgânico produzido a partir da compostagem de podas de árvores e estercos de animais, promoveu ganhos significativos na altura (27,83 cm planta-1), diâmetro do caule (9,23 mm planta-1), número de folhas (51,12 planta-1), número de frutos (5,33 planta-1), massa seca parte aérea (2,04 g planta-1) e raiz (0,70 g planta-1). Dessa forma, a dose de 45 t ha-1 de composto orgânico proporcionou maior número de frutos, sendo, portanto, recomendada para a produção de physalis em Latossolo Amarelo distrocoeso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAGATIM, A.G. Temperatura e substrato na germinação de Physalis angulata L. 2017. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal-SP, 2017.

CARVALHO, C. A.; OSUNA, J. T. A.; OLIVEIRA, S. R.; QUEIROZ, D.; MENDES FILHO, W. F. Influência dos diferentes tipos de substratos orgânicos no desenvolvimento da cultura do camapú (Physalis angulata L.). Unidade de Pesquisa do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Feira de Santana, 2011.

CEAGESP. Physalis. Disponível em: http://www.ceagesp.com.br/>. Acesso em: 22 maio 2021.

CIHANGIR, H.; OKTEM, A. The effect of different organic nutrients on some quality properties of popcorn (Zea mays L. everta). Asian Food Science Journal, v.7, n.2, p. 1-9, 2019. DOI: 10.9734/afsj/2019/v7i229965

COLLAZOS, A. J. G.; MUNAR, E. A. V.; AYALA, F. A. V.; VELANDIA, K. D. G. Evaluación del comportamiento poscosecha de uchuva provenientes de sistemas de producción convencionales y agroecológicos. Revista Mexicana de Ciencias Agrícolas, v. 10, n. 6, p. 1273-1285, 2019. DOI: 10.29312/remexca.v10i6.1492

ESCOBAR, O.C. Manejo agronómico de materiales de uchuva (Physalis peruviana) em la region de Tierradentro. Departamento del Cauca. Corporación Colombiana de Investigación Agropecuaria (CORPOICA), n. 31, 2000. 22p.

ETZBACH, L., PFEIFFER, A., WEBER, F., SCHIEBER, A. Characterization of carotenoid profiles in goldenberry (Physalis peruviana L.) fruits at various ripening stages and in different plant tissues by HPLC-DAD-APCI-MSn. Food chemistry, v. 245, p. 508-517, 2018. DOI: 10.1016/j.foodchem.2017.10.120

FISCHER, G.; ALMANZA-MERCHÁN, P. J.; MIRANDA, D. Importancia y cultivo de la uchuva (Physalis peruviana L.). Revista Brasileira de Fruticultura, v. 36, n. 1, p. 01-15, 2014. DOI: 10.1590/0100-2945-441/13

HENZ, G. P.; ALCÂNTARA, F. A.; RESENDE, F. V. Produção orgânica de hortaliças: o produtor pergunta, a Embrapa responde. Coleção 500 perguntas, 500 respostas. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, v. 308, 2007. 304p.

LAURETT, L.; FERNANDES, A. A.; SCHMILDT, E. R.; ALMEIDA, C. P.; PINTO, M. L. P. B. Desempenho da alface e da rúcula em diferentes concentrações de ferro na solução nutritiva. Amazonian Journal of Agricultural and Environmental Sciences, v. 60, n. 1, p. 45-52, 2017. DOI: 10.4322/rca.2466

MAIA, J. T. L. S.; CLEMENTE, J. M.; SOUZA, N. H.; OLIVEIRA SILVA, J.; MARTINEZ, H. E. P. Adubação orgânica em tomateiros do grupo cereja. Biotemas, v. 26, n. 1, p. 37-44, 2013. DOI:10.5007/2175-7925.2013v26n1p37

MAPA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Manual de métodos analíticos oficiais para fertilizantes minerais, orgânicos, organominerais e corretivos. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília: MAPA/ SDA/CGAL, 2014.

MARENCO, R. A.; LOPES, N. F. Fisiologia vegetal: fotossíntese, respiração, relações hídricas e nutrição mineral. Viçosa: UFV. v.2, 2005. 451 p.

MUNIZ, J.; KRETZSCHMAR, A. A.; RUFATO, L.; PELIZZA, T. R.; RUFATO, A. D. R.; MACEDO, T. A. D. Aspectos gerais da cultura da physalis. Ciência Rural, v. 44, n. 6, p. 964-970, 2014. DOI: 10.1590/S0103-84782014005000006

MUNIZ, J.; MOLINA, A. R.; MUNIZ, J. Physalis: Panorama produtivo e econômico no Brasil. Horticultura Brasileira, v. 33, n. 2, 2015. DOI: 10.1590/S0102-053620150000200023

OLIVEIRA, A. B.; MOURA, C. F. H.; GOMES-FILHO, E.; MARCO, C. A.; URBAN, L.; MIRANDA, M. R. A. The impact of organic farming on quality of tomatoes is associated to increased oxidative stress during fruit development. PLoS ONE, v.8, 2013. DOI: 10.1371/journal.pone.0056354

OLIVEIRA, J. R.; SANTOS, M. N.; SOUZA, J. M.; SOUZA OLIVEIRA, V.; AMOURIM, M. A. A. Initial growth of Physalis peruviana L. seedlings on different substrates. International Journal of Plant & Soil Science, v.32, n. 8, p. 1-7, 2020. DOI: 10.9734/ijpss/2020/v32i830310

REZENDE, J. O. Recôncavo Baiano, berço da Universidade Federal segunda da Bahia: passado, presente e futuro. P&A, 2004, p. 194.

RODRIGUES, P. N. F.; ROLIM, M. M.; BEZERRA NETO, E.; COSTA, R. N. T.; PEDROSA, E. M. R.; OLIVEIRA, V. S. Efeito do composto orgânico e compactação do solo no milho e nutrientes do solo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 15, n. 8, p. 788-793, 2011. DOI: 10.1590/s1415-43662011000800004

RUFATO, A. R.; RUFATO L.; LIMA, C. S. M.; MUNIZ, J. A cultura da physalis. Série Fruticultura – Pequenas Frutas, CNPUV, 2013.

SANTOS, C. F.; DIAS, G. C.; PINTO, S. I. C.; LEITE, P. C.; SILVA, K. P. Adubação de plantio com NPK para a cultura da physalis (Physalis peruviana L.). Revista Agrogeoambiental. v.11, n.2, p.179-192, 2019. DOI: 10.18406/2316-1817v11n220191296

SOUZA, G. S.; SANTOS SILVA, J.; OLIVEIRA, U. C.; SANTOS NETO, R. B.; SANTOS, A. R. Crescimento vegetativo e produção de óleo essencial de plantas de alecrim cultivadas sob telas coloridas. Bioscience Journal, v. 30, n. 3, 2014.

TRANI, P. E; KARIYA; E. A.; HANAI; S. M.; ANBO, R. H.; BASSETTO JÚNIOR, O. B.; PURQUERI, L. F. V.; TRANI, A. L. Calagem e Adubação do Tomate de Mesa. IAC, 215. Campinas: Instituto Agronômico, 2015. 35 p.

XIN, X.; ZHANG, J.; ZHU, A.; ZHANG, C. Effects of long-term (23 years) mineral fertilizer and compost application on physical properties of fluvo-aquic soil in the North China Plain. Soil and Tillage Research, v.156, n.1, p.166–172, 2016. DOI: 10.1016/j.still.2015.10.012

ZUANG, H.; BARRET, P.; BEAU, C. Nuevas especies frutales. Madri: Edição Mundi Prensa. 1992. 194p.

Publicado
2021-11-24
Seção
Artigos Científicos